INTERVIEW | Daniela Ciolan, Portuguese Fashion Designer


Daniela Ciolan

A Daniela Ciolan foi uma das novas designers a fazer parte da plataforma Sangue Novo da ModaLisboa Together em Outubro passado. O que mais me chamou a atenção na coleção foi o corte das peças, os padrões e os apontamentos de flores naturais. Sabiam, por exemplo, que a camisola do 1º look abaixo é, basicamente, um par de collants com flores colocadas estrategicamente? 

Curiosa sobre a pessoa por detrás da coleção, entrei em contacto com a Daniela, que gentilmente aceitou responder a algumas questões, em jeito de entrevista, que hoje venho partilhar convosco. Espero que gostem! Continuem a ler..


DANIELA Ciolan was one of the new designers to be part of the Sangue Novo plataform at ModaLisboa Together last October. What most caught my attention in the collection was the cut of the pieces, the prints and the real flowers notations. Did you know, for example, that the shirt of the 1st look below is, basically, a pair of tights with flowers placed strategically?

Curious about the person behind the collection, I got in touch with Daniela, who kindly agreed to answer some questions, in the form of an interview, that I'm sharing with you today. I hope you enjoy it! Keep reading...



Quem é a Daniela Ciolan?
Uma jovem designer e ilustradora de 25 anos,  nascida na Moldávia. Quanto ao percurso académico, a Área de Artes Visuais contribuiu para estabelecer os objectivos para o futuro, e mais tarde a formação na Modatex confirmou o que viria a ser como pessoa.

És Moldava. Com que idade vieste para Portugal? E como foi a adaptação? 
Com 9 anos. Tive bastante sorte com as pessoas à minha volta, ajudaram-me e contribuíram imenso para que me sentisse em casa.

Quais as principais diferenças que encontraste entre as duas culturas?
Na minha opinião não há muitas diferenças, no entanto o excesso de liberdade de expressão foi das que mais me fez confusão ao início.

Sempre tiveste inclinação para a moda? De onde surgiu este gosto?
Nem por isso, nunca fui grande amante da moda ao ponto de saber todos os designers mais conhecidos ou as coleções que estavam na moda, estive sempre mais inclinada para as Artes. No entanto achei que isso não era suficiente para mim, e o facto de querer algo mais, que encontrei na Modatex, fez com que quisesse juntar as Artes à moda de maneira harmoniosa.

Fala-nos um pouco sobre a coleção que apresentaste na ModaLisboa. De onde retiraste a inspiração? 
Desde sempre que tenho um amor por flores, e como surgiu a ideia de criar uma colecção, juntei aquilo que mais gostava: as flores e o estilo clássico, dando-lhe alguns detalhes mais irreverentes.

Foste tu que criaste de raiz os bordados com as flores?
São estampados, mas sim. Aproveitando o facto de fazer ilustrações, foi mais fácil criar os estampados.

Esta é a tua primeira colecção? Que desafios encontraste?
Sim é. Bem, desafios houve do início ao fim. Desde aos esboços dos técnicos até à confecção das peças, cortes que não eram possíveis outros que ficavam melhor ao improviso. 

E como foi a experiência na ModaLisboa? Alguma peripécia que possas partilhar?  
Adorei! Claro que é imenso stress e mil coisas a acontecer ao mesmo tempo, faltarem sapatos ou pouco tempo para se fazer aquilo que se quer para que fique o máximo como imaginávamos, mas nem sempre conseguimos, o que vale é mesmo a vontade de querer dar o melhor.

Onde pudemos ficar a par do teu trabalho e até mesmo comprar as tuas peças?
É um assunto no qual ainda estou a trabalhar, visto que quando idealizei a colecção foi para eu própria a usar, não tinha sido com o intuito de a vender.

Para terminar, o que podemos esperar da Daniela Ciolan (marca e designer) este ano?
Bem, mais colecções com estampados florais certamente!




Who is Daniela Ciolan?
A 25 years old designer and illustrator, born in Moldova. As for the academic course, the Area of ​​Visual Arts contributed to establish my objectives for the future, and later the training in Modatex confirmed what I would become as a person.

You're Vltava. At what age did you come to Portugal? And how was the adaptation?
With 9 years old. I was quite lucky with the people around me, they helped me a lot and made a huge contribution to make me feel at home.

What main differences did you find between the two cultures?
In my opinion there are not many differences, however the excess of freedom of expression was the one that made me the most confusion at the beginning.

Have you always been inclined to fashion? Where did this passion came from?
I was never a fashion lover to the point of knowing all the designers or the most trendy collections, I always had been more inclined towards the Arts. However I thought that it wasn't enough for me, and the fact that I wanted something more, that I end up finding at Modatex, made me want to bring the Arts and fashion together in a harmonious way.

Tell us a little about the collection you presented at ModaLisboa. Where did the inspiration came from?
I always had a love for flowers and, as the idea of ​​creating a collection came up, I added what I liked the most: the flowers and the classic style, adding some irreverent details.

Did you create the embroidery with the flowers yourself?
They are prints, not embroidery, but yes. Since I do illustrations, it was easy to create the prints.

Is this your first collection? What challenges did you encounter?
Yes, it is. Well, there were challenges from start to finish. From the sketches to the making of the pieces, cuts that weren't possible and others that worked better improvised...

And how was the experience at ModaLisboa? Any mishaps you can share?
I loved it! Of course it's a lot of stress and a thousand things happening at the same time, shoes missing or not much time to do what you want to make. You learn that what is worth is to give your best.

Where can we keep track of your work and even buy your pieces?
It's a subject in which I'm still working, since I  idealized the collection for myself and not with the intention of selling it.

Finally, what can we expect from Daniela Ciolan (brand and designer) this year?
Well, more collections with floral prints certainly!



Comments


img-responsiva